Feeds:
Posts
Comentários

Arquivo da categoria ‘Poesia’

A Sua

Eu só quero que você saiba
Que estou pensando em você
Agora e sempre mais
Eu só quero que você ouça
A canção que eu fiz pra dizer
Que eu te adoro cada vez mais
E que eu te quero sempre em paz

Tô com sintomas de saudade
Tô pensando em você
E como eu te quero tanto bem
Aonde for não quero dor
Eu tomo conta de você
Mas te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem

Eu só quero que você caiba
No meu colo
Porque eu te adoro cada vez mais
Eu só quero que você siga
Para onde quiser
Que eu não vou ficar muito atrás

Tô com sintomas de saudade
Tô pensando em você
E como eu te quero tanto bem
Aonde for não quero dor
Eu tomo conta de você
Mas te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem

Eu só quero que você saiba
Que estou pensando em você
Mas te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem
E que eu te quero livre também
Como o tempo vai e o vento vem

Read Full Post »

Você e eu, eu e você.

“Olha, houve momentos em minha vida em que quis muito, muito mesmo, mudar o que eu era e como eu era por conta de pessoas que não respeitavam a minha individualidade. Nesses momentos de frustração e tristeza, minha mãe contava a seguinte história:
Havia um moço que sempre, pela manhã, a caminho do trabalho parava numa banca de revista para comprar jornal. Sempre educado e cordial, cumprimentava: Bom dia, tudo bem?, e o dono da banca era sempre mal-humorado. Ou não respondia ou falava torto ou, mesmo, maltratava e jovem rapaz. Durante dias esse processo continuou: o rapaz bem educado sendo maltratado pelo vendedor mal humorado. Até que um dia, um bombozeiro que ficava ali por perto, indagou o rapaz: Moço, eu não lhe entendo: o senhor é sempre bem gentil para com este senhor e ele sempre lhe trata muito mal. Você não tem obrigação nenhuma de ainda lhe comprar jornais, muito menos de lhe dirigir a palavra. Por que o senhor não muda?, ao que o jovem responde:
Porque aprendi desde muito cedo a não mudar minhas atitudes por conta das atitudes alheias.
Bom, se o dia de hoje tivesse acontecido há cinco anos eu teria, sem sombra de dúvidas, lhe dado as costas. Mas deste tempo para cá, entendi o que minha mãe queria dizer: não importa o que as pessoas pensem, nós somos o que somos. Mesmo que escondamos isto de outras pessoas.
Pouco me importa se as pessoas pensam que sou isso ou aquilo: eu amo você e amo amar você. Amo porque és essa pessoa linda que encontrei um tanto perdida e sem norte há uns dias, amo porque você me ouviu, ouviu meus conselhos e esteve aberta a novos pontos de vista; amo porque és de uma sensibilidade ímpar; amo porque tens bom senso, porque sabes ouvir e repensar os próprios erros, porque me cativaste e me cativas a cada dia, a cada verso, a cada música e outros conhecimentos compartilhados; amo porque é uma pessoa apaixonante e eu sou, sim apaixonada por você.
Assim como sou apaixonada por minha irmã caçula, por meus amigos e amigas aqui de perto, por meu irmão mais velho, por meu trabalho, por minhas aulas, por minha academia, minhas caminhadas, meus livros – meu livros, Deus meu – , meus CD’s, DVD’s, fotografias, maquiagens, bijuterias, projetos… Que tudo e todo mundo nessa vida precisa de paixão. Que trabalho precisa de paixão para ser executado com perfeição, que amor precisa de paixão para seguir unido, que amizade precisa de paixão para se eternizar, que tudo – absolutamente tudo – é único. Me diz: como não se encantar, apaixonar, amar uma pessoa feito você que me trás leveza, encantamento, amizade, respeito e amor? Como e onde não te deixar scraps carinhosos e não te levar sorrisos se minhas palavras – eu sei – te fazem tão bem? Como não demonstrar o imenso carinho em meu peito, mesmo correndo o risco de as pessoas pensarem que estou te cantando?
Pros ares o que as pessoas estão pensando! Te quero bem, feliz e com o coração leve, feito estás agora. E poder ajudar para que fiques assim é uma consagração. Te amo e sou, mesmo, apaixonada por você e Deus me livre viver sem paixão!”

… é um privilégio você ser minha paixão e eu a sua.
Espero que nunca acabe, só aumente!

Read Full Post »

Um ano todo feliz

Porque Deus te colocou como meu anjo, pois você tem um bom coração e gosta de mim, mesmo sem eu nunca ter te olhado nos olhos. Agente se sabe, e nos bastamos.
Cada palavra sua me ajudou absurdamente em 2.007, e agora é minhas esperanças em 2.008.
Quando eu estiver velhinha vou contar aos meus gatinhos sobre a verdadeira amizade, sobre as pessoas que valem a pena, sobre uma moça que conheci e que me emprestou seus olhos para ver a vida da forma bonita que ela via.
E com o meu coração feliz por te conhecer, desejo tudo o melhor para esse ano novo, um ano todo cheio de momentos brilhantes, inesqueciveis. Um dia a dia cheio de amores, de flores e muita poesia. Um mês a mês, com novas cores, novos cheiros e sabores.Cada respirar profundo um sonho realizado, cada beijo um aconchego pro coração. Não sei o que mais poderia te desejar, mas desjo o que tem melhor para você,preciosa, e tudo que te faz feliz se realize.

Amo você com esse coração que você ajudou a construir..Todo carinho.

Read Full Post »

Esuta coração…

Escuta coraçao, porque choras tanto?
Porque palpitas com tanta emoçao?
O amor é força que traz riso e pranto.
Porque choras?…
Porque choras em vão?

De onde vem essa dor que te maltrata?
Que te quebra e te faz sofrer?
Quem te trouxe essa dor que aos poucos
traz lágrimas e muito padecer?

Oh! Coração meu, eu já adivinho,
sei porque choras com tanta saudade!
Foi teu amor que o deixou sozinho,
e hoje reclamas com tanta ansiedade.

Oh! Coração meu, em vão eu sei que estas pulsando,
sei que este amor não pode aliviar.
Eu que não choro estou chorando,
Porque tú não podes tambem chorar?

Read Full Post »

Cansaço

Eu as vezes tenho a sensação de que estou procurando às cegas uma coisa; eu quero continuar, eu me sinto obrigada a continuar.
Sinto até uma certa coragem de fazê-lo. O meu temor é de que seja tudo muito novo pra mim, que eu talvez possa encontrar o que eu não quero. Essa coragem eu teria, mas o preço é muito alto, o preço é muito caro, e eu estou cansada.
Sempre paguei e de repente não quero mais. Sinto que tenho que ir para um lado ou para o outro. Ou para uma desistencia: levar uma vida mais humilde de espirito, ou então não sei em que ramo a desistencia, não sei em que lugar encontra a tarefa, a docura, a coisa.
Estou viciada em viver nessa extrema intensidade. A hora de escrever é o reflexo de uma situação toda minha. É quando sinto o maior do desamparo.

Read Full Post »

Um pensamento bobo

Ah, se eu pudesse me arrumar por dentro, tudo calminho nas gavetas…

Read Full Post »

Pedaços

Querida, vai passar, tu sabes que vai passar.
Talvez não amanhã, mas dentro de uma semana, um mês ou dois, quem sabe?
O verão está aí, haverá sol quase todos os dias, e sempre resta essa coisa chamada¨impulso vital¨.
Pois esse impulso ás vezes cruel, porque não permite que nenhuma dor insista por muito tempo, te empurrará quem sabe para o sol, para o mar, para uma nova estrada qualquer e, de repente, no meio de uma frase ou de um movimento te surpreenderás pensando algo assim como ¨estou contente outra vez¨…

Read Full Post »

certo.

Você perguntou lá embaixo o que me faz feliz… E, apesar de o momento ser triste, preciso da palavra para dizer que a felicidade existe.

 Me faz feliz saber que amo meu amigo, tão lindo quando canta, tão meu quando me chama de “minha musa” e quando diz que ninguém, ninguém tem mais estilo do que eu.

Me faz feliz, assim, saber que você existe, simplesmente. Saber que, mesmo apesar da longa distância, estás aí e aqui cuidado desse espaço tão nosso. Meu e teu.

Me faz feliz até mesmo sentir dor, porque me faz crer na vida e crer que estou viva, apesar de não gostar de doer. E quem gosta?

Me faz feliz ler um livro, um poema, uma prosa bem bonita e depois dividir com que amo.

Me faz feliz, tão somente, viver. Assim, viver de viver a vida sem mistificação, como disse Drummond em texto lindo que preciso postar aqui um dia.

Me faz feliz em momentos, como este, te falar ou não falar nada, e saber que me entendes e isso é melhor e mais bonito do que um gesto às vezes.

 Me faz feliz cruzar com uma libélula que me veio trazer um beijo teu antecipando-se ao momento de tristeza.

Me faz feliz olhar as estrelas e pensar no quão pequeninos somos, apesar da mania de grandeza que nos cerca.

Me faz feliz ser, tão somente, o que sou. Cheia de defeitos e manias, mas ser. E sou.

E, agora… Me faz feliz, muito feliz, ter Vinícius em minha vida para me traduzir. Pois nada, nem ninguém me traduziria melhor do que ele neste mesmo exato momento:

“É claro que a vida é boa
E a alegria, a única indizível emoção
É claro que te acho linda
Em ti bendigo o amor das coisas simples
É claro que te amo
E tenho tudo para ser feliz
Mas acontece que eu sou triste…”

Neste momento, mais triste do que poderia suportar meu próprio peito. Mas é isso. Apesar de a cotinuidade da vida me ferir profundamente, ela existe. E benzadeus por ela existir!

Read Full Post »

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.